quarta-feira, março 03, 2004

A Vida na A1

Há sempre a preocupação, num português médio, de fazer com que os carros que circulam à sua frente na via da esquerda se desviem para que eles passem.

A forma habitual, que se observa, por exemplo, na autoestrada A1, é a de se contrair uma dívida razoável e comprar um BMW ou um Audi. Acendem-se os médios e tudo se resolve. O "empata" apressa-se a dar lugar ao apressado.

E pensar-se-ia, haverá outra maneira, há sim senhor, descobri-a esta manhã na A1. Muito mais barata, segura e com algum glamour: Compra-se um Clio em segunda mão ao Cobrador do Fraque. E é vê-los, aos empatas, lestos, saírem da frente de tão sinistro perseguidor.

Desta forma, pode cruzar a autoestrada sempre na via da esquerda, a 120 km/h, seguro que todos sairão da sua frente.

Sem comentários: