sexta-feira, abril 23, 2004

Falácias

Se alguém afirmar: "São coisas de homens." e alguém contestar: "Não, meu caro, não são coisas de Xadrez! São coisas de homens!" estamos perante um diálogo entre autistas. Ou, pelo menos, entre alguém que não é e alguém que é autista. Resta ainda a possibilidade de estarmos perante uma falácia argumentativa, ainda que bastante transparente.

Procurei por todo o O Guia Das Falácias de Stephen Downes e não encontrei categoria onde pudesse encaixar o argumento descrito no anterior parágrafo.

Por isso sugiro uma nova categoria de falácias, talvez mais fraca que as outras, mas ainda assim de uso bastante difundido. Sugiro também um nome para essa nova categoria: Falácias de Repetição.

E deixo um diálogo entre o sujeito A e o sujeito B, que serve como exemplo:

A: _O céu é azul.

B: _Não, o céu não é verde. O céu é azul!

Podia deixar mais exemplos, mas, por hoje, basta este.

Sem comentários: