quinta-feira, setembro 23, 2004

Coitadinhos dos Reféns

Todos os dias surgem, nos noticiários televisivos e nos jornais, novidades do Iraque dando conta de mais um rapto ou de mais uma execução de um refém. E quem são esses reféns? Gente das organizações humanitárias, jornalistas e engenheiros civis. Gente que vai para o Iraque em busca de aventura, de prestígio, de dinheiro, ou ainda gente empurrada pelas suas alminhas piedosas.

Em comum, todos têm algo: põem-se a jeito.

5 comentários:

Leonor disse...

Sem comentários.

Walter Tarira disse...

Ora Leonor! Comentar «sem comentários» a expressão “põem-se a jeito”! Então não sabe que foi assim que a Alemanha perdeu a guerra!!!

Walter Larila disse...

Não liguem aos meus comentários. São um modo de exercitar a minha arma favorita: a conversa da treta.

Walter Tarira disse...

Já estava a estranhar a ausência do Sr. Larila! Então quando é que consegues coragem para dares a cara e o teu contributo, em temas que não sejam da treta!! Anda lá; se precisares de uma ajudinha conta comigo.

Walter Tarira disse...

Meu caro larila, “anónimo na melhor das hipóteses”! A tua postura indicia entre outras coisas, falta de coragem para pedires ajuda que de boa vontade te podia dar na interpretação do texto «coitadinhos dos reféns do Iraque».

Desta forma vou tentar ajudar-te a entender o texto que, não sendo de minha autoria, teve a minha e só minha interpretação, aliás nada difícil. Presta lá atenção para aprenderes alguma coisa com os mais velhos; no mínimo a respeitá-los – um dia destes também lá estarás - se não «marchares» em novo.

Tudo na vida é Política; será que entendes este primeiro passo?! Politica homem! Não sabes o que quer dizer Politica! Então vai ao dicionário que lá ficarás a saber; não vou alongar-me em explicações de Português.

A Politica é feita pelos homens com a «ideia» de os servir e pode ser boa, má ou razoável (sensata). A Politica está associada ao poder e não há Politica sem poder. Até aqui parece-me muito simples.

Com estas dicas que aqui te deixei, reflecte se fores capaz nestas questões e tenta descobrir quem faz as Guerras e porquê? Quem nelas morre ou fica estropiado e porquê?

Vais ver que no fim aprendes a escrever mais qualquer coisita para alem das «tretas» que até aqui é a única coisa que escreves, será?