segunda-feira, novembro 29, 2004

Negro Cenário

A pandilha anda aflita. O Chaves zangado com a desconsideração, lava a roupa suja em público, suja de clientelismo e de favorecimentos. O mais sinistro é que Chaves tem a lata de afirmar que se sente ofendido por não ter sido suficientemente favorecido. Nem pôs em causa se é ou não capaz para o cargo que ocupava ou para o que não quis ocupar. Isso não tem importância: Santana é seu amigo, deve-lhe favores e não lhe deu cargo à altura. E acontece sempre que se lida com gente desta, mais tarde ou mais cedo estala o verniz, há denúncias, ataques pessoais, enfim, a luta canina da escumalha.

Sampaio chama a casa o Santana, o Santana explica, o gajo é fraquinho mas é amigo, tinha um ministério que não funcionava, quis pô-lo a funcionar, tirei-o de lá e queria encostá-lo ao futebol, que é coisa de meninos, eu até já fui presidente do Sporting. Percebe, Sampaio? Ele não é grande coisa, mas safou-me em tempos, uma mão lava a outra, não é Sampaio?

Compreensivo como sabemos ser o Presidente, deu dois dias a Santana para emendar a mão. Para corrigir a situação. Para aligeirar o estrago. Para quê? Pronto, o Presidente deu dois dias a Santana para se poder recompôr de mais uma senhora trapalhada, sinistro sintoma do governo à paraguaia que ele ajudou a formar.

3 comentários:

Anónimo disse...

O bébé tenta a todo o custo aguentar-se na encubadora, mas a situação está difícil.
Não há bébés que sobrevivam com uma alimentação de bombons e chupas-chupas.
Já não há paciência para as trapalhadas da criançinha.
O Pai Natal que o ponha novamente nas festas e convívios sociais. Portugal iria agradecer.
Olga

vmiguel disse...

Isto tudo porque a outra "quadrilha" não estava preparada para receber o testemunho, agora sim,
com um Filósofo de renome, o Pai Natal vai ter de atender a sua clientela e promotores de "confiança".

As grandes perguntas são:

"Como afastar os políticos incompetentes, e onde estão os competentes?"

Anónimo disse...

Parece que não foi preciso esperar dois dias.
O senhor resolveu fazer-se homem e ora aí está.
Venham de lá essas eleições!!!

Alex Garrinhas