terça-feira, março 30, 2004

Actualidades

O Cruz e a Casa Pia, a Casa Pia e o Cruz. A greve do SEF no Euro 2004. O Cruz e o Euro 2004, o Euro 2004 e a Casa Pia. O SEF e os imigrantes e o Euro 2004 e os turistas e o terrorismo.

O terrorismo e a Casa Pia e o Cruz e o Euro 2004. Pim!

segunda-feira, março 29, 2004

O Tabaco na Irlanda

Entrou agora em vigor, na Irlanda, a mais restritiva legislação do Mundo, no que ao tabaco concerne. Assim, no país dos pubs e das pints, deixar-se-á de fumar em locais públicos.

Nos jornais diz-se que a maioria da população irlandesa concorda com estas medidas quase securitárias.

Desconfio que a rapaziada irlandesa, frequentadora dos bares, ainda não se deve ter apercebido do que se está a passar nas suas costas!

(Assim como ainda não devem ter percebido que têm a legislação que têm no que concerne à interrupção voluntária da gravidez.)

Aguardo, atento, pelos jornais de amanhã, esperando saber novas dos tumultos que prevejo nas cidades e vilas irlandesas!

domingo, março 28, 2004

Ainda a Companhia das Xxxxxx

Foi com um grande sorriso de satisfação que recebi uma mensagem cujo remetente era ?????@companhiadasxxxxx.pt. Os cinco pontos de interrogação que precedem sinal @ correspondem a um nome feminino que não divulgarei, para proteger os culpados. Os x que precedem o .pt escondem, com a mesma intenção, o nome de uma organização. O assunto da mensagem era "Sem Assunto". Pouco esclarecedor. Não tinha texto. Misterioso. Só um anexo, suspeito, um ficheiro cujo nome é stdqp.exe.

Prevendo tratar-se de uma retaliação da Companhia, não corri esse ficheiro. Diga-me quem souber, agi bem? Poderia o computador explodir caso abrisse o ficheiro?

Vá lá, senhoras da Companhia, escrevam qualquer coisa com substância! Senhora Directora de Operações, dê-lhes um raspanete!

sexta-feira, março 26, 2004

A Entrevista a Saramago

Ontem, a jornalista Judite de Sousa entrevistou o escritor José Saramago. Falou-se do novo livro, "Ensaio sobre a lucidez", de terrorismo, de cidadania e democracia.

Soube que Saramago escreve sobre cidades que podem ser quaisquer e que são sempre Lisboa, já desconfiava desde o "Ensaio sobre a cegueira", eu conheço aquelas ruas e aqueles cruzamentos. Não tivesse eu visto a entrevista de ontem e não saberia que a Infante Santo e a Calçada da Estrela, bem como o Rossio, estão presentes no ESL. E até fico com pena, não soubera eu e conseguiria descobrir? É certo que este livro trata de problemas maiores, questiona a democracia formal, como Saramago chama aos actuais sistemas políticos ocidentais, e há-de questionar muitas outras coisas, mas, que posso fazer se, para o meu espírito simples, importa tanto a descoberta de uma rua como o derrube de um sistema político.

Só o tom agastado do escritor, ao responder a uma simpática, ainda que de forma eventualmente sintética, Judite de Sousa, transmitiu à entrevista alguma truculência. Mas, a Saramago, tudo se perdoa.

quinta-feira, março 25, 2004

Prioridades Culturais

No público de hoje, na secção "Cultura", destaca-se a Modalisboa, que abre hoje, o encerramento de uma galeria de figuras de cera em Berlim, o despedimento de Fausto Neves da Casa da Música, a estreia da peça "Zelda" com a Guida Maria, etc. Não está mau.

E o livro do Saramago, que já está à venda? Ninguém os avisou? Ou persiste alguma forma de censura salazarenta/santanenta?
Já Tenho!

Já tenho o meu exemplar do "Ensaio Sobre a Lucidez" de José Saramago. E você? Já tem o seu?

quarta-feira, março 24, 2004

Merecimentos

Considero-o um dos melhores blogues nacionais. Leio-o diariamente. Leio-lhe os pontos de vista e os poemas, os ideais e tudo o resto. E lembro-me de gente que mata homens inválidos e que não merece blogues como a Rua da Judiaria.
Alguém

Alguém na Finlândia sabe que existe o Meia Livraria. Alguém que tem uma óptima página. Sob a estrela do Norte. Obrigado e bem vindo à sinistra coluna.
Expressões

Poucos povos terão expressões com o brilho de um Estraga-Albardas, ou de um Seca-Adegas. Quem me queira chamar burro ou bêbado, faça-o assim. Não me importo.

Sentir-me-ei então orgulhoso em ser português.

terça-feira, março 23, 2004

O Problema

Ontem de manhã, um míssil israelita matou Ahmed Yassin. O conflito israelo-árabe continuará, agora mais aceso que antes. Novos atentados virão seguramente matar mais israelitas em Tel Aviv e em Jerusalém. Árabes matarão judeus, judeus matarão árabes. Só quando acabar a Religião acabará o Problema.

segunda-feira, março 22, 2004

Focillon e Saramago

Há cerca de dois anos, ao iniciar a leitura do livro "Arte do Ocidente" de Henri Focillon, fiquei pasmado com a inesperada fecundidade do verbo e com o estilo maior, límpido, apaixonado e brilhante do texto. Que magnífico autor este, pensei, merece a fama que tem, mas, e agora peço-lhe que acreditem, ocorreu-me que quase tão magnífico seria quem o traduziu, quem será o genial tradutor? E fui ver. Era ele mesmo, o José Saramago.

Lembrei-me deste episódio porque leio o Elogio da Mão, do mesmo Henri Focillon, traduzido por Ruy Oliveira (edições 70). E leio este livro agora porque dele me falou (falou para a plateia, para ser mais preciso) Rui Mário Gonçalves, por ocasião da homenagem a Betâmio de Almeida deste sábado. E falou desse livro com tal paixão e respeito, que me enfeitiçou.

Para minha grande vergonha, comprara o meu exemplar d'A Vida das Formas seguido de Elogio da Mão há um par de anos e mal o tinha aberto.

domingo, março 21, 2004

Betâmio de Almeida

Ontem, 20 de Março de 2004, a Câmara Municipal de Benavente prestou homenagem ao grande pedagogo e pintor Alfredo Betâmio de Almeida. Uma homenagem elegante, singela, erudita e serena. (Desenvolverei depois)

sexta-feira, março 19, 2004

Progrom no Kosovo

O primeiro-ministro sérvio, Kustonica, chamou "tentativa de progrom" aos recentes assaltos a enclaves sérvios no Kosovo, bem protegidos, já se sabe, pelas forças do Bem. Desde 1999 que as forças de segurança sérvias estão impedidas de entrar no território, estando portanto a defesa dos sérvios a cargo exclusivo dos soldadinhos de capacete azul.

E o que fizeram esses soldadinhos de capacete azul? Permitiram a destruição de centenas de igrejas e mosteiros, que resistiram durante séculos a otomanos, alguns dos quais monumentos insubstituíveis, totalmente arrasados desde 1999. Disponibilizaram, justiça lhes seja feita, uma linha telefónica para os sérvios aflitos após a vitória do Bem em 1999. Permitem agora a realização deste progrom, talvez para celebrar alguma data, como nos tempos dos czares russos, o czar fazia anos e decretava um progrom, os judeus que se escondessem, tal como se escondem HOJE os padres e as freiras nas igrejas ortodoxas de Pristina. Será que o progrom albanês festeja a retirada anunciada das tropas espanholas do Iraque?

A vergonha da civilização ocidental não terminou com o fim dos bombardeamentos a um país europeu.
Compatibilidades

Para quem fuma, perder um dos dentes incisivos não é grande tragédia. O fumador pode segurar o cigarro no espaço deixado vazio, ficando assim com ambas as mãos livres. Para fazer o que quiser.

quinta-feira, março 18, 2004

Confrontos no Kosovo

Já não me lembro de que lado estamos no Kosovo. Em 1999 os maus eram os sérvios e os albaneses eram os coitadinhos. Albaneses esses que se agrupavam em sinistras organizações (UCK por exemplo) de extremistas islâmicos (tudo gente boa da famosa rede).

Antes, a tropa azul da ONU deixava sem socorro os sérvios do Kosovo (só tinham um número telefónico para chamadas de urgência, sempre ocupado e de valor acrescentado), agora são atacadas pelos próprios coitadinhos (albaneses).

E agora a coisa está mesmo feia lá nos rochedos do Kosovo. Será altura de acolhermos em Portugal mais uns quantos encantadores albaneses? Ou deveremos recolher agora os malvados sérvios?

PS: Ocorre-me outra imagem, já antiga, a de um falcão com um alvo nas costas.

quarta-feira, março 17, 2004

Estado de Alerta em Sebornelos de Arrinfança

No seguimento dos preocupantes acontecimentos dos últimos dias, as autoridades locais decidiram tomar algumas medidas preventivas. Assim, e desde as 00,00h de 17 de Março de 2004, dobraram as patrulhas da GNR local. Esse patrulhamento abrange agora a EM 254-1, a EM 245-3 e o CA 155-07. O carro patrulha passará por essas vias duas vezes por noite. Uma para lá, outra para cá.

"Nunca se sabe", disse Teodosindo Silva, presidente da Junta de Freguesia de Segornelhos de Sebornelos, "Esses malvados podem muito bem atacar a nossa terra, aquele chafariz novo ali na praça desperta muita cobiça, é bem sabido que as invejas...!".

terça-feira, março 16, 2004

Leão com Cuecas de Leopardo

Ocorreu-me há momentos essa imagem, a de um leão com cuecas padrão leopardo. E quis partilhá-la com os leitores do Meia Livraria. Agradeçam para a caixa de correio.

segunda-feira, março 15, 2004

Libertação Primaveril

Gostava tanto de instalar o Linux no meu computador de casa, tenho até uma das suas distribuições: Suse 7.3. É alemã. Sei que há mais recentes, mas esta serviria na perfeição. No entanto é tarefa demasiado difícil, grande parte do software que habitualmente uso não funcionaria, instalar hardware tornar-se-ia complicadíssimo, se já o é por vezes na grande família Microsoft... Mas fica tão bonito e é tão moderno ter o Linux, sentir-me-ia um pensador independente, um homem livre!

Esta vontade de libertação, este desejo de fugir ao jugo da Microsoft aparece-me todos os anos por esta altura, nos primeiros dias de Primavera.
Adeus à Nicotina

Ainda que tenha pouco interesse colectivo, anuncio aqui no Meia Livraria o meu adeus à nicotina, após cerca de 12 anos de cigarros e mais de 10 meses de pastilhas Nicorette.
Tarrasch em Leipzig

Após uma fase de euforia, de grandes vitórias, Tarrasch participa, em 1888, num torneio em Leipzig. Esperando, tal como ele diz no seu livro 300 Partidas de Xadrez, que as partidas se ganhassem por si só, julgando que lhe bastaria a presença no tabuleiro para que a vitória se desenhasse, arranjou forma de perder quase todos os jogos e de ocupar um dos últimos lugares da competição.

Não acontecerá a todos? Nalguma fase da progressão numa qualquer arte?
PSOE

Se fosse a ETA, ganhava o PP, foram os árabes, ganhou o PSOE.

sexta-feira, março 12, 2004

Rankings de Filmes

Finalmente existe em Portugal um ranking organizado dos filmes em exibição, contabilizando, claro, as vendas de bilheteira. Finalmente podemos conhecer com fidelidade os gostos cinematográficos dos portugueses, questão que, sem dúvida, interessa a todos.

Aquilo que me pareceu verdadeiramente admirável foi, não a demora em organizar tão simples contabilização, mas as reservas de alguns sectores de produção cinematográfica nacional em relação ao mesmo.

Com medo de verem desmascaradas as suas misérias, esses sectores prefereriam que nada se soubesse.
Terrorismo

Espero que sejam rapidamente reparadas as linhas férreas e os apeadeiros destruídos ontem. Espero que se retome a circulação ferroviária na linha afectada pelo atentado. Espero que todos os mortos sejam identificados, chorados e enterrados. Espero que os feridos recuperem. E espero que tudo volte a ficar como dantes.

Porque essa é a única forma de vencer o terrorismo.

quinta-feira, março 11, 2004

A Paixão de Cristo

Ontem debateu-se, na Universidade Católica, o assunto "A Paixão de Cristo" de Mel Gibson. É sempre com agrado que verifico que a Arte (neste caso o cinema), a Universidade (neste caso a Católica) e a Igreja (neste caso a da Universidade), andam de braço dado.
Atentado

Não há palavras para descrever o grotesco atentado desta manhã em Madrid. Só de luto pelas mortes, de esperança para os feridos e de firmeza para o povo espanhol, para que consiga acabar com o nojento e cobarde flagelo do terrorismo.

quarta-feira, março 10, 2004

Os Saltos do Mourinho

Ontem anulou-se um golo ao Machester United, que faria o 2-0 (decisivo, claro está). A um minuto do fim, após um lance de bola parada, o Costinha, oportuno, marcou o golo do empate, dando a vitória na eliminatória aos do Porto.

Lá, como cá.

Justiça seja feita, os de Manchester perderam em toda a linha contra os do Porto. No campo da ignomínia, os esforços de Ferguson para ombrear com Mourinho, de pouco lhe valeram. Foi completamente derrotado pelo português! Viram os saltos que José deu no fim? O Ferguson ainda tem muito que aprender no campo da má educação para chegar aos calcanhares do nosso Mourinho!

E no campo de jogo vale ao FC Porto a raiva que tem pelo Mundo Inteiro, que sobre ele comete toda a espécie de injustiças! Todos querem tramar o FC Porto, mas ele, graças a Deus, mesmo em combate com todo o Mundo, consegue vencer e mostrar (a quem?) que é o melhor. Contra tudo e contra todos! Valha-lhe isso e os saltos do Mourinho.

terça-feira, março 09, 2004

Empatia

Mais um blogue que aborda o Xadrez! E não só. Chama-se Empatia. Seja bem vindo à coluna da esquerda do Meia Livraria!
Café

Ontem de manhã apercebi-me que o café que bebia exalava um agradável cheiro. Um aroma formidável, despoletador de inúmeras sensações de requintado prazer. Ocorreu-me que talvez haja mais no café que a cafeína.

Mais tarde, prestes a beber outro café, lá ia lançado, pronto para sorver de um trago o negro líquido, quando me lembrei: Calma, minha besta! E lá cheirei o café, bebendo-o de seguida em pequenos tragos. E transformei aquilo que era uma injecção de cafeína num acto de gozo, dos que dividem o dia em dois.
Pedido de Desculpas

Diversos problemas com diversos computadores obrigaram a esta paragem já longa na Meia Livraria. Por esse motivo e esperando que os problemas estejam definitivamente resolvidos, podem agora os Leitores deste blogue contar com a assiduidade a que já estavam acostumados.

sexta-feira, março 05, 2004

O Euro 2004 e as Oportunidades

Em conversa com um cidadão romeno radicado em Portugal, fiquei a par de alarmantes notícias: Em Suceara, cidade do Norte da Roménia, congemina-se um sinistro plano para "vir buscar euros a Portugal durante o Euro 2004".

Enquanto o pacato cidadão comum descansa em frente da sua televisão, observando um debate sobre os últimos acontecimentos no processo Casa Pia, nessa cidade romena, a 4500 km de distância, Vasile, Constantin e Cristi preparam-se para visitar Portugal em Junho.

E porquê, se a Roménia não se apurou, perguntará o leitor, é simples, esses rapazes, perigosos meliantes internacionais, tiveram uma ideia: se é lá que se vai realizar o Euro 2004, aquilo estará cheio de oportunidades para fazer dinheiro fácil.

Não os conheço ainda, mas considero esses rapazes os mais brilhantes génios do crime internacional. No entanto, eles que não contem com facilidades: Ter-se-ão de haver com o nosso Avelino.

Pois é, se a coisa ficar feia, temos sempre essa hipótese: soltamos-lhe o Avelino!

quinta-feira, março 04, 2004

Outros Blogues

Outros dois blogues possuem ligações para o Meia Livraria, o Beijo no Asfalto e o Bar do Moe, nº 133. Muito obrigado e, olhem para a vossa esquerda, já lá estão.
Parabéns à Senhora

O Meia Livraria não se esqueceu! O anúncio da C.ª das Sandes desapareceu das páginas do público. E dá os sinceros parabéns à nova Directora de Operações da C.ª das Sandes com votos de boa sorte!
Blogues Nacionais

O Meia Livraria é o único blogue nacional sem um extenso poema de William B. Yeats ou de Rimbaud. Pensei em publicar as Oscilações de um Barco Ébrio, ocupar-me-iam umas boas 6 ou 7 pantalhas de blogue, dando um toque de cultura ao Meia Livraria.

Depois poderia introduzir umas imagens bonitas, se soubesse como o fazer, e "postar" frases como: "Hoje não me apetece escrever." ou "Estou vazio."

quarta-feira, março 03, 2004

Não Gostava!

O Avelino não gostava que um árbitro lhe fosse dar pontapés no Cristo-Rei!
Blogues de Xadrez

Acrescentei à lista da esquerda os blogues Escaque e Grupo de Xadrez da Guarda. São blogues exclusivamente dedicados ao Xadrez. A visitar.
A Vida na A1

Há sempre a preocupação, num português médio, de fazer com que os carros que circulam à sua frente na via da esquerda se desviem para que eles passem.

A forma habitual, que se observa, por exemplo, na autoestrada A1, é a de se contrair uma dívida razoável e comprar um BMW ou um Audi. Acendem-se os médios e tudo se resolve. O "empata" apressa-se a dar lugar ao apressado.

E pensar-se-ia, haverá outra maneira, há sim senhor, descobri-a esta manhã na A1. Muito mais barata, segura e com algum glamour: Compra-se um Clio em segunda mão ao Cobrador do Fraque. E é vê-los, aos empatas, lestos, saírem da frente de tão sinistro perseguidor.

Desta forma, pode cruzar a autoestrada sempre na via da esquerda, a 120 km/h, seguro que todos sairão da sua frente.

segunda-feira, março 01, 2004

Estrago da Nação

É sempre com grande vaidade que o Meia Livraria se descobre noutros blogues. Desta vez foi no blogue ambientalista Estrago da Nação que sem favor se recomenda.
Parelha de Três

O Cataláxia, o Mata-Mouros e o Cidadão Livre juntaram-se e formaram um novo blogue, o Blasfémias.

Também se fazem parelhas com três.
Silvicultura

Para se ser escritor, há que saber o nome de muitas árvores e de muitos arbustos. Há que ser silvicultor e, só depois, escritor. O domínio da gramática também é, claro está, muito importante.
Desempregados

No restaurante onde costumo almoçar existem vários aparelhos de televisão. E são tantos que, para onde quer que olhe, lá está um, aceso, a olhar para mim. Que terá isto que ver com os desempregados, pergunta o leitor, respondo-lhe já, é que eu almoço entre o meio dia e a uma da tarde. E essa é a hora da Praça da Alegria!

Trata-se do mais sinistro programa de televisão que alguma vez vi. Não os vejo todos, mas não preciso de ver mais nenhum para saber que este é o mais deprimente. Lá está o Aleluia, a poderosa arma secreta da RTP, homem que teve a espinhosa tarefa de enfrentar os Malucos do Riso e que, ao ser derrotado, foi punido com uma comissão de serviço, vestido de menino Tonecas, na Praça da Alegria. Ai dos vencidos!

O padre gaiteiro, conhecido por Borga, lá anda, saltitante e amaneirado, um rouxinol de óculos e barba. Uma jovem de ar pimba, muito sorridente e uma mulher-palhaço, um pianista canastrão que também canta, e uma orquestra ligeira mesmo ligeira já bastariam para pintar um animado cenário do grotesco, pensar-se-ia que não podia piorar, mas...

Eis que surgem Os Desempregados! Um conjunto com cerca de duas dúzias de desocupados que se sentam nas cadeiras da Praça, sorridentes e que(pensavam que era só boa vida?) agora são forçados a dançar! Já não lhes bastava bater palmas ao Artur Garcia e ao Tudela, ainda os obrigam a dançar ao som das cantigas do impagável Borga!

Rapazes e raparigas figurantes da Praça da Alegria: Não será melhor considerarem a hipótese de TRABALHAR?