quarta-feira, outubro 12, 2005

Autárquicas 2005 (2)

Como pode um provinciano puro, genuíno, queiroziano até, como o comum escalabitano, recusar os destinos da sua terra ao homem que lhe preenche a alma e o serão com as suas bonitas novelas, que a todos fazem rir e chorar?

Um senhor tão bem falante, que não só aparece na televisão como escreve televisão, que sabe tudo sobre o crime - tema predilecto dos leitores do inefável Correio da Manhã e do didático "24 Horas" - como lhe resistir? Chiça, o homem tem tudo! Sabe de novelas e conhece o crime... De que estará Moita Flores à espera? Candidate-se imediatamente à Presidência da República! Prometa acabar com a pedofilia e introduzir a cadeira "Morangos com Açúcar" nas universidades. Escolha alguém que decifre o "Su-Doku" e que deite búzios, ponha-o a mandatário e vai ver que ganha! Avance, homem!

3 comentários:

spirito disse...

Dá gosto ver que depois do interregno, a língua se te soltou de novo.

O Moita F. bom, olha assim à primeira vista, até podia ser pior. Scalabis é cidade velha, única e estou certo que sobreviverá.

Devemos agora estar alerta, porque depois de ter sido escorraçado (é a palavra certa a utilizar com este animal) da nobre cidade de Amarante, o AFT, qual vírus, pode surgir numa qualquer autarquia "near you".

Portanto, olho aberto, para espezinhar o malandro.

E o Tejo haverá de levar nas suas águas, as mágoas se as houver.

um abraço (ou mais)

Cláudio disse...

Conforta-me a esperança de ser esse vírus, o AFT, endémico apenas em terras de ribadouro! Gosto de pensar que o incrível bicho sucumbirá, ressequido e teso, assim passe ele para o lado esquerdo do Mondego!

Atreva-se o AFT a chegar-se ao Tejo, o rio que banha capitais, e, por viçoso e improvavelmente fresco que esteja, se afogará nas salobras águas da formosíssima alma de Portugal: o Tejo!

Bina Ladina disse...

Creio que o grande sr. Moita Flores está talhado para algo mais que a boa Scalabis!
E numas presidenciais tão sem-saboronas como as que se aproximam, porque não um candidato como o Moita Flores?
Creio que o país merece uma melhor representação e uma velha múmia, não creio que seja a melhor imagem a transmitir deste nosso cantito à beira-mar plantado!
digo eu, digo eu...