segunda-feira, novembro 14, 2005

Manifestações em Belém

Sempre que passo por Belém ao domingo dou com uma razoável manifestação. Não muito grande nem muito pequena. Constituída na sua maioria por gente cigana e por gente de fato de treino preto, verde fluorescente e lilás, lá estão eles, os manifestantes, apinhados, tapando a bela calçada à portuguesa, tão nossa, nossa dos do fato de treino que aos outros nunca ninguém viu assentar o mais pequeno paralelipídedo que fosse, que fique claro.

E que terá feito o Presidente, pensará o leitor, para que tantos e tão patuscos se reunam em Belém num ritual dominical? Seria válida essa questão se não estivesse o magote deslocado um bom quarteirão do Palácio Presidencial. Escorrem, fique o leitor sabendo, escorrem luzidios, derramando-se pela rua, vindos de dentro da casa dos pastéis de Belém!

5 comentários:

Bina Ladina disse...

Ainda bem que eu não vim cá depois do almoço senão...
Olha que rica ideia, que me deste :)
Vai uma voltinha até aos pastéis de belém?
Se deres boleia alinho já :P

JL disse...

Faço troca com os patéis de feijão de Mangualde. Fiquem sabendo que não há igual.

martelo disse...

ou a vontade de ver este presidente mais uns dias (!!???...)

spirito disse...

Todos, mas mesmo todos, luzidios e baços, gostamos dos pastéis de Belém. E como nos derramamos pelas ruas, lutando por uma mesa, de papilas deleitadas com um sabor sempre igual e por isso tão precioso. O creme morno a escorrer pelas comissuras labiais até se prender nas barbas de quem as tem e aí secar, para mais tarde, lambendo, recordar. Depois, a casca estralejante a fragmentar-se entre pós de açucar e canela espalhados avonde pelas mesas e pelas roupas.
Quanto aos pastéis de Mangualde, serão decerto exaltantes e excelentes, mas o amigo JL terá que desculpar este bairrismo, algo deslocado, mas irreprimível para um lisboeta.
Quanto ao Presidente, tanto se me dá quanto se me deu, desde que não seja a sapateira algarvia.

Uxka disse...

Daqui uma "bidirecional" com saudades de lamber as "comissuras labiais" à conta do suculento pastelinho, mas mais saudade ainda de se lambuzar com uma trouxa das Caldas.
Obrigada pela visita.