sábado, novembro 26, 2005

Pássaros na Lezíria Grande

Águias, carraceiros, pardais, estorninhos, tordos, tudo o que é pássaro vôa pela grande lezíria. Não sendo a ornitologia uma das minhas habilidades, nutro pela vida alada uma forte curiosidade e pergunto-me: O que seria das águias sem os cabos de telefone? Onde pousariam? E o que seria das cegonhas sem a EDP e os seus postes de alta tensão? E os pardais que comeriam se nada fosse semeado?

Triste seria a vida dos pássaros da Lezíria Grande sem nós! Sem um coelhito atropelado na Estrada do Camarão, o que comeria a águia? E se não deitássemos a sande de torresmos a meio pela janela do carro o que depenicaríam os pobres tordos!

Haverá algo mais belo que a simbiose entre o homem e o animal?

2 comentários:

spirito disse...

Então andamos a flanar pela Lezíria e a olhar para os pardalitos.

Apareça mais tarde no meu escritório para falarmos.

ass: O Patrão

Bina Ladina disse...

E o que seria das gaivotas do Tejo sem os meninos que lhes oferece a batatinha frita do restaurante de fast-food do centro comercial??
E quem diz gaivotas, diz pombos e pardalitos :)
E que tal dar o exemplo prático da simbiose homem e terroristazita da treta?
Também é agradável :)