sábado, dezembro 31, 2005

Deixar de Fumar

Vivo perto de uma churrascaria. Todos os dias, após o jantar, vou à varanda fumar um cigarro. A mistura do cheiro do tabaco com o aroma leve de frango assado e com o cheiro próprio das cidades dilata-me a existência. Em dias bons, também eu trago artificiais cheiros que se trocam com os outros, enfatizando, ao mirar a torre de uma moderna igreja e a metade da cidade que um 4º andar permite ver, a magia do momento: Magia só permitida, claro, pela especial luminosidade de uma lua certa.

Como posso deixar (novamente) de fumar?

Pacientemente, aguardo pelo fecho da casa dos frangos para firmar a dura decisão.

Claro.

2 comentários:

pedro l. disse...

Um problema realmente sério e intrincado. Sofres da grave entidade nosológica "ida ao alpendre depois da janta".
Não ficava bem com a minha consciência se não escrevesse "as casas de frangosdechurrasco não fecham"; isso foi um rumor dissipado pelos mcdonaldos e burgerreis.
Às tantas devias rever a tua posição de afectares a interrupção tabágica ao encerramento do estabelecimento transformador de frango em peça de mesa.


BOM ANO!

maria_arvore disse...

Talvez usando óculos escuros. talvez deixando de jantar. ;)

Óptimo 2006!