sexta-feira, dezembro 16, 2005

O Bin Laden é um Malvado

Finalmente Josué poderia voltar à sua terra! Em pleno Inverno de 2003 que bem sabia fugir ao frio de Portugal e regressar ao sol de Cabo Verde! Passou umas semanas com a família, matou saudades e, ao regressar lembrou-se dos amigos que tinha por cá, por Portugal. Vou levar-lhes umas lagostas, pensou!

E assim se apresentou no Aeroporto Amílcar Cabral na ilha do Sal, munido de bagagem e de meia dúzia de lagostas. Ao fazer o "check in" teve um dissabor: "As bagagens vão mas as lagostas ficam!", disse-lhe o funcionário do Aeroporto. Desanimado, Josué perguntou porquê para ouvir: "Desde que o Bin Laden rebentou as torres na América, não se pode transportar marisco nos aviões!"

O funcionário do Aeroporto olhou para a geleira, olhou para o avião que levava Josué para Portugal, já longe, e ficou indeciso. Será que a família conseguiria comer mais lagostas? Na dúvida, levou-as. Na pior das hipóteses dava-as ao porco.

Sem comentários: