quarta-feira, dezembro 21, 2005

Toques de Telemóvel

Hoje, na fila do supermercado, tocou um telemóvel. E que pensa o leitor que soou? A nova da Madonna? Uma modinha dos ABBA? Algo de Emanuel ou Tóni Carreira? Nada disso. Soou a "Carvalhesa" que é uma espécie de hino festivo do PCP.

Estivesse o Ribeiro e Castro naquele supermercado e ter-se-ia mandado imediatamente para o chão gritando: "Fujam! Vai explodir! É um atentado terrorista!"


"São eles! Os comunas! Fujam!"

6 comentários:

PiresF disse...

“Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar
irritado algumas vezes, mas não
esqueço de que minha vida é a maior
empresa do mundo. E que posso evitar que
ela vá à falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver,
apesar de todos os desafios, incompreensões
e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos
problemas e se tornar autor da própria
história. É atravessar desertos fora de si, mas ser
capaz de encontrar um oásis no
recôndito da sua alma. É agradecer a Deus
a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo. É ter coragem
para ouvir um “não”. É ter
segurança para receber uma crítica,
mesmo que injusta.

Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo...”

Fernando Pessoa.


Feliz Natal.

Kamikaze disse...

Confesso não estar a ver qual é esse hino a que chamas "Carvalhesa", que faria com que o líder do PP se "amandasse" para a piscina... ;)

Boas Festas! Um Santo Natal e que no Ano Novo que se avizinha, as alegrias se renovem em esperanças e realizações!

Um grande abraço!

maria_arvore disse...

Os primitivos até da trovoada têm medo.

O Justiceiro (Anti-Globalização) disse...

Pois é, este país está como está, porque partidos, empresas e câmaras estão cheios de palermas e gangs de piratas como o Ribeiro e Castro nos cargos de responsabilidade e de decisão. São ainda os filhos abéculas e frequentadores de discotecas K, destes mentecaptos, que na forma de "jobs for the boys" comandam as empresas deste país e ás cinco da tarde podem ser encontrados nos campos de golfe por esse país fora, mas que depois sem moralidade absolutamente nenhuma vem clamar por produtividade aos cidadãos cumpridores. Um conselho que dou aos jovens, é que se puderem imigrem! A felicidade só pode estar bem longe deste pântano. O Ribeiro e Castro é que é um verdadeiro terrorista idiota, quando acusou a esquerda de terem sido os pais do terrorismo. Que moral tem este palerma que defendeu o regime de Salazar e as atrocidades da pide para dizer esta alarvidade? Portugal está a precisar de uma nova revolução, mas desta vez, não com cravos, mas sim de balas! Costuma-se dizer, que os ingénuos são mais felizes que os homens de cultura, porque simplesmente, os ingénuos contentam-se com pouco, não aspiram a muito e deixam-se comandar e acreditam em histórias da carochinha e em milagres. Os pobres de espírito, são imediatamente felizes, mas não ficarão na história, porque dos fracos não reza a história!

Anónimo disse...

Este tipo não é da mesma casta do Carlos Castro?

Pedro Franco disse...

que moralidade tens para dizer mal da carvelhesa meu caralho???

primeiro- a carvelhesa é uma música tradicional portuguesa que foi recuperada Giacometti, um grande compositor que não tem nada a ver conosco, OS COMUNISTAS, e nós apenas a adaptamos para o partido porque é a música que dá inicio e fim á festa do Avante.
Adorava ver partidos como o liderados por ribeiro e castro a levantaram uma festa como o Avante que continua a ter milhares de pessoas, tal como gostava de ver partido como essa escumalha a permanecerem erguidos durante a altura do fascismo...basicamente o que faria era aliar-se á frente salazarista erguendo-se contra a vontade de mudança do povo...

portanto ve se tens juizo na cabeça e se percebes que o partido comunista é fruto de muita luta e que se calhar por ele atingiste muitas das mais-valias que tens hoje, como sei lá, a liberdade ou a democracia embora que não muito democratica...e agradeçes mesmo que não concordando com o ideal comunista a coragem dessas pessoas

Gostava de também que um dia partidos como o PP conseguissem ter uma música tão emocionante e festiva como a Carvalhesa!

"mas a cada assalto
e a cada escalada fascista
subirá sempre mais alto
a badeira comunista!"