segunda-feira, setembro 19, 2005

Um Rebuçado

"Uma vez um rapazinho de oito anos contou-me que tinha afogado a irmã pequenina no Paraná. As pessoas julgavam que ela escorregara nos penedos. Ora o rapazinho explicou-me que a menina comia muito e que ficava pouca comida para ele. Pouca mandioca!

_Deste-lhe um rebuçado?

_Dei. E três ave-marias como penitência."

Assim respondeu o Padre Léon Rivas a Charley Fortnum, O Cônsul Honorário de Graham Greene. Brilhantemente traduzida, na edição que cito, por Maria Ondina Braga, de Braga, trata-se de uma obra onde o embate entre a colossal ideologia revolucionária e a esmagadora fé católica se manifesta em todas as linhas, por todos os poros de uma aparentemente simples história de raptos e polícias, com revolucionários pelo meio.

À venda, por tuta e meia, em toda a parte.

quinta-feira, setembro 15, 2005

A Espera

Todos os dias visito o Meia Livraria, sempre em busca de novo artigo. E nada aparece.

segunda-feira, setembro 05, 2005

O Homem Certo

"Estima muito os carrinhos!" disse o senhor mais velho. "E isso chegará? Talvez precisemos de alguém mais audaz!" respondeu o mais novo. "Nem penses nisso! Este é o homem certo! Acabam-se os problemas nos carros, o tipo muda o óleo, cola os autocolantes, é muito certinho ao volante, não esquece um pisca e vem por uma pechincha. Aliás, paga para vir!"

Convencido, o homem mais novo pegou no telefone e, encontrado o número, disse para o aparelho: "Estou? Tiago Monteiro?"