domingo, fevereiro 04, 2007

Extremos

Portugal é, sem qualquer dúvida, um país de extremos! Cristiano Ronaldo, Figo, Chalana, Futre... e até Simão Sabrosa, Quaresma, Nani, Campanha pelo Não... esta última com excomungados e cartinhas de infantários pios e santos aos pais escritas por um embrião... Sinistra, baixa, suja, nojenta, porca, cretina, bolorenta, pacóvia, provinciana, estúpida, fascista, macabra, imbecil, infame, católica, pró-pedófila, miguelista, salazarenta, inquisitória, mesquinha e até metediça e quadrilheira campanha pelo monstruoso Não.


Gosto de extremos... de quase todos eles. Menos dois: O Não e o Simão.

5 comentários:

superstar disse...

life just good

Anónimo disse...

... Hipócrita, velhaca, manhosa, codrilheira, nazi, desleal, crapula, matreira, jumenta, ou somente "Não" por mimetismo eclesiástico. Todos eles reconhecidos pelos seus dotes opinativos, como muito das suas jogadas inconsequentes.

Vítor Miguel

africamente disse...

www.africamente.com : um novo espaco de amizades e encontros, com videochat, mapas, blogs, albuns de fotos, videoteca, música e noticias !

O Micróbio II disse...

Texto que prova que afinal a "intolerância" estava bem enraizada no SIM... "Sinistra, baixa, suja, nojenta, porca, cretina, bolorenta, pacóvia, provinciana, estúpida, fascista, macabra, imbecil, infame, católica, pró-pedófila, miguelista, salazarenta, inquisitória, mesquinha"... sim, senhor! Não te esqueceste de mais nenhum vocábulo!

Anónimo disse...

Eu acrescentaria à Campanha do não: doentia, machista, ignorante, burra, enfim, para não levar em conta. Afinal, o país é ainda um dos mais atrasados da Europa, do Mundo...

LB