segunda-feira, maio 07, 2007

Bananas e Macacos

Na ilha das bananas não é de admirar que mandem os macacos.

8 comentários:

Walter disse...

Não. Não é de admirar que na ilha das bananas mandem os macacos; mas é surpreendente a sua semelhança com os humanos…já conseguem esboçar alguns sons e, por vezes, o mais velho deles, o macacão chefe da ilha, até consegue dar uns passitos de dança! Consta que brevemente irá ser capturado, para ser apresentado no programa dança comigo!

maria_arvore disse...

:)
Até parece que chegámos à Madeira.

Anónimo disse...

Em Gibraltar reza a lenda de quando desaparecerem os macacos do rochedo os Ingleses entregam o calhau aos Andaluzes. Na Ilha 20% acreditam que quando acabarem as bananas os macacos irão adoptar o comportamento ratazana, serão os primeiros a abandonarem o barco.

Mar Arável disse...

Com o devido respeito pelas benanas - na ilha dos macacos - um vão mandar as bananas - e não me perguntem quando - nem como

Anónimo disse...

"A si mesmas se ouvindo estão as pontes.
Dum lado ao outro da manhã sustentam
o último azul da noite
a passar a violeta.
Mas elas não vêem. Ouvem
as cores transformando-se em si mesmas,
vindas de um fundo sem lugar, que é longe
aparecendo em sua inteligência.
Tudo ainda é confuso, no entanto. Porque,
permanecendo as pontes tão atentas,
ouvem apenas a metamorfose
do vento de memória que as sustenta."

Fernando Echevarría

Anónimo disse...

"A si mesmas se ouvindo estão as pontes.
Dum lado ao outro da manhã sustentam
o último azul da noite
a passar a violeta.
Mas elas não vêem. Ouvem
as cores transformando-se em si mesmas,
vindas de um fundo sem lugar, que é longe
aparecendo em sua inteligência.
Tudo ainda é confuso, no entanto. Porque,
permanecendo as pontes tão atentas,
ouvem apenas a metamorfose
do vento de memória que as sustenta."

Fernando Echevarría

Bina Ladina disse...

Mais um bocadinho e tás a cantar o hino do macacão.
Não sabes?
É uma obra de arte do José Cid :)

Maria disse...

Gostei do comentário. LOL
Infelizmente vivo numa républica parecida com as "das bananas".
Aqui em alguns sítios também reina o "quero, posso e mando".