domingo, setembro 30, 2007

Santidades

Há uns dias veio a Portugal o Sr. Lama. Este homem, o Dalai Lama, é uma Santidade como outra qualquer: ao seu nível estão Bento XVI, Pinto da Costa, o Islão também terá a sua Santidade, mais que uma até, o Ayatola, etc. No entanto, este Sr. Lama tem um problema com a imperial China. Os nossos amigos chineses não gostam do Lama porque há o Tibete e a China é dona desse território. Se não houvesse Tibete, a China gostava tanto do Lama como gosta do Bento XVI ou do Pinto da Costa ou mesmo do Eusébio. Ou até do Mourinho. Mas, infelizmente para o Sr. Lama, há Tibete. E há Tibete porque é bonito e alto e tem o Shaolin com aqueles tipos que dão mortais encarpados para trás, e com eles, com esses coloridos saltos, sobem a árvores que nem no jardim botânico de Lisboa se encontram. Muito menos no Parque Eduardo VII. Tem também o Tibete uma data de monges vestidos de laranja, como usam os prisioneiros de Guantanamo. Também em Guantanamo lhes rapam o cabelo, como é uso dos monges tibeteanos. Pode o leitor concluir que há algumas semelhanças entre ambas as regiões. Uma é chinesa mas tibeteana, outra é norte-americana mas fica em Cuba, e em ambas se traja de laranja e se rapa o cabelo. Também em ambas se dão mortais encarpados para trás quando a situação exige. Será que em Guantanamo também há alguma Santidade?
Certo é que, caso houvesse Santidade guantanamense, teria a mesma recepção oficial que teve o Sr. Lama. Nisto, somos exemplares. Não somos como esses convencidos desses canadianos que disseram aos chineses que na China mandam eles. Mas no Canadá mandam os canadianos. Temos muitos defeitos. Mas não somos mentirosos. E aqui mandam todos. Menos, talvez, o Dalai Lama.

5 comentários:

Papoila disse...

Gostei da visita ao campo.
Uns mandam mais que outros... e receberam-no assim assim...
;)

MalucaResponsavel disse...

Pena q por cá mandem todos... gente a mais a mandar... bj

spirito disse...

Brilhante!

Mas conheço outros cá no torrão, que elegendo o laranja como sua cor, parecem rapar a cabeça por dentro.

O Raio disse...

Shaolin não é no tibete!
Os monges tibetanos não usam hábitos da mesma cor dos prisioneiros de Guantanamo, são castanho avermelhado.

Cláudio disse...

Bem... Shaolin há-de ser, pelo menos, perto do Tibete! Quanto às cores... castanho avermelhado, para mim, é laranja! Ou, vá, côr de tijolo claro.